NovidadesPasseios em Alagoas

Projeto Peixe-Boi: conheça o santuário do mamífero em Alagoas

By 2 de dezembro de 2019 No Comments
Projeto Peixe-Boi

 

O paraíso das águas tem em si uma série de tesouros naturais escondidos. Um deles é o Projeto Peixe-Boi, um santuário de preservação para a espécie em Alagoas. Localizado no município de Porto de Pedras, o Projeto Peixe-Boi contribui com o cuidado dessa que é uma das espécies aquáticas mais ameaçadas de extinção.

Segundo os últimos estudos sobre a espécie realizados em 2006, existem apenas 500 indivíduos dela no Brasil. Tudo isso resultado de ameaças como caça, poluição, colisões com barcos, encalhe de filhotes e a degradação ambiental, além da captura com redes de pesca. 

Para entender ainda mais sobre a importância do Projeto Peixe-Boi e como ele funciona continue acompanhando neste post! 

Como surgiu?

Dedicado a pesquisa, resgate, recuperação e devolução do peixe boi a natureza, o Projeto Peixe-Boi de Porto de Pedras foi criado em 1980 através do Centro |Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Aquáticos (CMA) que é vinculado ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Em meio a tantas ameaças que foram responsáveis pela redução da espécie, o projeto tenta se dedicar ao cuidado e a preservação do mamífero a fim de manter os tipos existentes do animal no Brasil.

A sede do Projeto Peixe-Boi

Reformada pelo programa Caldeirão do Huck em 2016 quando participou do quadro “Um por todos e todos por um”, a sede do Projeto Peixe-Boi é um pedacinho aconchegante e tematizado em Porto de Pedras. Ele serve de porta de entrada para os turistas que procuram o passeio ao santuário da espécie no município. 

Por lá, o Peixe-Boi marinho está espalhado por todos os lados! São almofadas, chaveiros, sabonetes, chinelos e nem mesmo a mobília escapa de detalhes e desenhos com o animal.

Turismo de base comunitária

Além de contribuir com a natureza como um todo para a preservação da espécie, o Projeto Peixe-Boi também serve como um grande apoio à comunidade local. Tudo isso porque as diversas atividades incluindo a sede e o passeio geram empregos para os moradores próximos à sede. 

Esses empregos e atividades remuneradas envolvem desde os artesãos até os guias que conduzem os turistas no passeio pelo santuário do Peixe-Boi em Alagoas.

Além disso, a associação se dedica ainda a educar a comunidade, indo em escolas e até mesmo nas casas para garantir a boa gestão ambiental da área e conscientizar a população sobre a importância do projeto e desse cuidado.

Como fazer o passeio pela sede do Projeto Peixe-Boi?

Ademais, é chegada a hora do passeio! Ele começa pela sede da Associação Peixe-Boi previamente reservada. É importante destacar que as vagas para o passeio são limitadas, então é necessário estar atento e fazer sua reserva com antecedência

Depois da sede, os visitantes são guiados por uma estradinha de barro até chegar a beira do rio, onde seguirão de jangada até o encontro dos mamíferos.

O percurso pelo Rio Tatuamunha dura em média uma hora e meia e é feito de maneira tranquila para não interferir no comportamento dos animais. Após a visita aos mamíferos, que deve ser feita sem interação, os visitantes ainda podem desfrutar de um bom banho de rio em um banco de areia. 

 

Viu só? Um passeio pela associação do Projeto Peixe-Boi pode ser bem interessante não é? Não deixe de conhecer as maravilhas escondidas além das praias em nosso estado em nosso blog!