Cultura alagoanaNovidades

Tribo Caetés: conheça a história dos índios nativos do litoral de Alagoas

By 2 de dezembro de 2019 No Comments
Tribo Caetés

Alagoas é uma terra recheada de histórias e tesouros que precisam ser desvendados além das praias. Entre tantas dessas histórias está a dos índios da Tribo Caetés, os nativos do litoral de Alagoas. Eles foram os primeiros habitantes de São Miguel dos Campos e até hoje são conhecidos como os “inimigos da civilização”.

Ficou curioso? Nesse post, além da história e curiosidades sobre eles, você vai conhecer o modo como eles vivem e até mesmo descobrir onde estão localizados, confira abaixo!

 

Surgimento

Os “inimigos da civilização” como são popularmente conhecidos, são de origem tupi-guarani brasileira e foram os primeiros habitantes do município de São Miguel dos Campos. Esse título foi dado aos nativos pela resistência em preservar a cultura de seu povo e, além disso, não querer que suas terras fossem ocupadas.

Houveram muitos outros destinos para a tribo até chegarem a São Miguel, dentre os registros encontrados a tribo começou suas habitações entre a foz do rio São Francisco e a ilha de Itamaracá, ainda no século passado. 

Com a chegada dos europeus, eles se mudaram para o Pará e logo após retornaram para Alagoas, onde começaram a habitar em São Miguel dos Campos.

 

Curiosidades sobre a Tribo Caetés

Dentro do aspecto religioso, a crença dos caetés era voltada para um deus que se chamava Tupã. Além dele, o sol, a lua e alguns seres sobrenaturais como a caipora também recebiam veneração e como na maioria das tribos, o Pajé servia de ligação entre a tribo e a divindade.

Ademais, a história da Tribo Caetés é marcada, mais do que pela sua personalidade forte, por um fato curioso e até assustador para alguns. Isso porque, dentro das tradições da tribo, os nativos também se alimentavam de carne humana e é justamente dentro desse costume que está um dos marcos da tribo na história.

Eles são julgados como responsáveis por devorar o primeiro bispo do Brasil, Dom Pero Fernandes Sardinha, além de praticamente toda a tripulação da caravela de “Nossa Senhora da Ajuda” que naufragou nas proximidades da foz do rio Coruripe em 1556. 

Além disso, contam os relatos históricos que eles também comiam os inimigos derrotados nas batalhas entre eles e homens brancos ou até mesmo outros índios. 

Tudo isso deu início a forte perseguição conduzida pelos colonizadores que tornou a tribo extinta na época. 

 

Atualidade

Ainda hoje, apesar de terem sido dados como extintos após as perseguições portuguesas, existem descendentes da Tribo Caetés em aldeias de terras alagoanas. 

A grande maioria resolveu aderir ao modelo de vida urbano, até mesmo pela rejeição aos  povos indígenas historicamente adotada no estado devido aos relatos famosos sobre os rituais da tribo como os citados acima. 

Ainda assim, mesmo que às escondidas, em periferias urbanas ou pequenos espaços rurais, a população indígena tenta preservar e manter viva suas tradições. 

Unidos a outras tribos, os descendentes dos caetés seguem na luta pelo resgate e manutenção da própria cultura e a demarcação de terra que permanece em processo. 

E então, gostou de conhecer um pouco mais sobre a curiosa história da Tribo Caetés? Alagoas vai além das riquezas naturais e guarda dentro de si todo um tesouro de histórias que vale a pena conhecer, se impressionar e encantar.